Capacidades térmicas mássicas

Material

c (J kg-1 K-1)

Aço

460[2]

Água

4185,5[1]

Água (15 °C)

4186[3]

Água (vapor de água)

2100[2]

Água do mar

3890[1]

Alumínio

900[1,3]

Ar (a pressão constante)

1000[1]

Ar (a volume constante)

720[1]

Azoto

1040[2]

Benzeno

1700[2]

Berílio

1830[2]

Bronze

385[1]

Cádmio

230[2]

Chumbo

128[1]

Cobre

385[2]

386[1]

387[3]

Estanho

217[1]

Etanol

2400[1,3]

2419[2]

Éter

2320[2]

Ferro

448[3]

450[2]

473[1]

Gelo (-10 °C)

2090[2]

2220[1]

Gelo (-5 °C)

2090[3]

Glicerina

2420[2]

Grafite

720[2]

Granito

800[1]

Hélio

5180[2]

Hidrogénio

14300[2]

Latão

393[1]

Madeira

1700[3]

Mármore

860[3]

880[1]

Mercúrio

139[2]

140[1]

Níquel

443[2]

Ouro

126[1]

129[2]

Oxigénio

920[2]

Parafina

2100[2]

Petróleo

2100[2]

Prata

234[3]

236[1]

Tungsténio

134[1]

Vidro

837[3]

840[1]

Zinco

387[1]

Valores a 25 °C

Capacidades térmicas mássicas 

Bibliografia:
[1] M. T. F. M. Sá, Física 10º ano, Texto Editora, 1999.
[2] D. Reger, S. Goode, E. Mercer, Química: Princípios e Aplicações, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2010.
[3] R. A. Serway, Física 2 para Cientistas e Engenheiros com Física Moderna, LTC – Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., Rio de Janeiro, Brasil, 1996.

TOP



hit
  counter
visitas | Estatísticas | Miguel Neta 2017