Queda livre

A queda livre é um movimento devido apenas à interação gravítica. Se não for possível considerar a resistência do ar como desprezável, não se considera o movimento como queda livre.

Foi Galileu quem verificou que a aceleração de queda dos corpos era igual para todos (considerando a resistência do ar desprezável).

Movimentos ascendentes e descendentes

O sentido do vetor aceleração gravítica é sempre do centro do corpo para o centro da Terra.

Durante a queda: o corpo está animado de um MRUA (vetores velocidade e aceleração com o mesmo sentido).

Durante o lançamento vertical para cima: o corpo está animado de um MRUR (aceleração para baixo e velocidade para cima) até que a velocidade atinja o valor zero, ocorrendo depois uma queda.

Dependendo do sentido inicialmente definido como positivo, para um determinado referencial, o sentido da aceleração, velocidade e valores de posição terão que estar de acordo com essa definição inicial.

As expressões que permitem calcular a altura e a velocidade em cada instante são, respetivamente:

$$y=y_{0}+v_{0}t+\frac{1}{2}gt^2$$

$$v=v_{0}+gt$$

em que:

\(y\) - altura no instante \(t\)

\(y_{0}\) - altura inicial

\(v_{0}\) - velocidade inicial

\(g\) - valor da aceleração gravítica

\(v\) - valor da velocidade no instante \(t\)

APOLLO 15 Hammer and Feather [© NASA]

Brian Cox visits the world's biggest vacuum chamber [© BBC]

Galileu

TOP



hit
  counter
visitas | Estatísticas | Miguel Neta 2017