Marie Curie

Marie Curie (1867-1934).

Figura 1 - Marie Curie.
Figura 1 - Marie Curie.

Nasceu em Varsóvia, na Polónia (na altura sob ocupação russa), no dia 7 de Novembro de 1867, com o nome Maria Sklodowska.

Em 1891 emigrou para a França, passando a estudar na Universidade de Sorbonne, em Paris, onde se licenciou em Ciências Matemáticas e Físicas.

Passou a usar o nome Marie.

No ano de 1895 casou com Pierre Curie, professor de física na mesma universidade.

Doutorou-se no ano de 1903.

Depois da morte do marido, ocorrida em 1906, Marie ocupou o seu lugar de professora de Física Geral em Sorbonne, tornando-se na primeira mulher professora dessa universidade.

Isolou o elemento químico rádio (Ra), em trabalho com André-Louis Debierne  e descobriu, em conjunto com o seu marido, o elemento químico polónio (Po).

Foram-lhe atribuídos dois prémios Nobel, o Prémio Nobel da Física, em conjunto com Henry Becquerel e o seu marido Pierre Curie, em 1903, e o Prémio Nobel da Química, isoladamente, no ano de 1911. Foi a primeira mulher a ganhar um prémio Nobel.

Morreu em Sallanches, França, no dia 4 de Julho de 1934. Está sepultada no Panteão de Paris.

A sua filha, Irène Joliot-Curie, também foi galardoada com o Prémio Nobel da Química, em 1935.

Bibliografia:
R. Ignotofsky, As Cientistas - 52 Mulheres Intrépidas que Mudaram o Mundo, 1ª edição, Bertrand Editora, Lisboa, 2018.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Marie_Curie, 09/04/2018.

TOP



hit
  counter
visitas | Estatísticas | Miguel Neta 2018