Estrelas

As estrelas são corpos que emitem luz.

A estrela mais próxima é o Sol, o centro do Sistema Solar. As estrelas que se podem observar à noite são semelhantes ao Sol (podem, no entanto, ser maiores, menores, mais velhas ou mais recentes).

Vida das estrelas

As estrelas nascem nas nebulosas. Nas nebulosas existem poeiras e gases, que quando se aproximam, devido a atrações existentes entre os corpos, aumentam muito de temperatura, dando início a reações termonucleares - nascimento da estrela.

O tipo de luz, cor e a temperatura de uma estrela são diferentes de estrelas para estrela, dependendo da quantidade de matéria inicial que a formou.

O fim de vida de uma estrela também depende da massa desta. As estrelas de maior massa acabam numa enorme explosão - uma supernova - podendo depois formar-se uma anã branca, uma estrela de neutrões ou pulsar, ou um buraco negro (a sua densidade é tão grande que não deixa escapar luz).

Nuvem protoestelar
estrela com
30 massas solares
estrela com
10 massas solares
estrela com
1 massa solar
estrela com
0,05 da massa solar
(período estável)
(expansão) (expansão) (expansão)
Supergigante Supergigante  Gigante vermelha Anã castanha
Supernova Supernova (contracção)
Buraco negro Estrela de neutrões Anã branca Anã negra    

Constelações

As constelações são conjuntos de estrelas aos quais é possível associar um desenho imaginário (Figura 1).

Figura 1 - Constelações Ursa Maior (à esquerda) e Ursa Menor (canto superior direito) [© Stellarium].
Figura 1 - Constelações Ursa Maior (à esquerda) e Ursa Menor (canto superior direito) [© Stellarium].

As estrelas que constituem cada uma das constelações não estão perto umas das outras, mas somos iludidos devido à posição em que elas se encontram relativamente à Terra (o que nos parece como um desenho a duas dimensões é na realidade um conjunto de estrelas em três dimensões).

A maior parte das constelações já são conhecidas desde há mais de 5000 anos.

As constelações - Lista completa [© Astronomia no Zênite]

Star Size Comparison 

TOP



hit
  counter
visitas | Estatísticas | Miguel Neta 2017